linha vermelha

¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯

iconessociais

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Playboy - Capa: Luciene Adami, A Fera da Novela Pantanal! - Edição Janeiro 1991

 Confira as fotos da fera na novela Pantanal, Luciene Adami, capa da Playboy de janeiro de 1991!
 
Luciene Adami, Começou sua carreira cursando Artes Cênicas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Formada em Ballet Clássico, estreou no palco com o grupo de teatro Faltou o João. Logo em seguida, aos 18 anos, foi chamada para fazer o principal papel feminino no longa-metragem em super-8 Inverno, de Carlos Gerbase, premiado em sua categoria no Festival de Gramado de 1983. A partir daí, Luciene tornou-se presença constante nas produções do cinema independente gaúcho dos anos 1980. Nesse mesmo período, participou do grupo de teatro portoalegrense Balaio de Gatos, com os espetáculos "O Vale dos Pimentões", "Eu sou vida, eu não sou morte" e "A Bela e a Fera" e ainda trabalhou com música, como vocalista da banda de rock Urubu Rei. Em meados dos anos 1980, mudou-se para São Paulo, onde estreou na TV apresentando o programa "Revistinha", da Cultura (1988). Passou a ser conhecida nacionalmente com o papel de Guta, na novela Pantanal, da TV Manchete (1990). Por conta do sucesso, Luciene posou para uma sessão de fotos da revista Playboy. Em 1993, em férias na Bahia, sofreu um grave acidente de automóvel, que a levou a fazer várias cirurgias e a afastou do trabalho por um ano. Em 1994 voltou às novelas com "Éramos Seis", no SBT. Atuou em várias outras novelas e peças de teatro como "Cacilda!" e "Brasil S.A.", entre outras.














Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Luciene Adami foi muito bem nas fotos. A melhor foto de Luciene foi a undécima, em que ela se deita no chão de meia-calça. Eu amo a bunda feminina.

    ResponderExcluir

Comente aqui