linha vermelha

¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯

iconessociais

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Playboy - Capa: Lucelia Santos - Edição Abril 1980

Confira as fotos da atriz Lucelia Santos, capa da playboy de abril de 1980!
Confira as fotos da atriz Lucelia Santos, capa da playboy de abril de 1980!
Maria Lucélia dos Santos, mais conhecida como Lucélia Santos (Santo André, 20 de maio de 1957), é uma atriz e cineasta brasileira. Ficou internacionalmente famosa pela sua atuação na telenovela Escrava Isaura, que foi exibida com sucesso em 130 países. Lucélia é filha de Maurílio Simões dos Santos e de Maria Moura dos Santos. Estreou no teatro aos catorze anos, na peça infantil Dom Chicote Mula Manca e seu fiel companheiro Zé Chupança. Após fazer um curso de teatro com Eugênio Kusnet, participou da montagem de Godspell, no Rio de Janeiro. Em seguida participou de Rock Horror Show e da peça Transe no 18. Foi então que Gilberto Braga e Herval Rossano a convidaram para estrear a telenovela Escrava Isaura. O sucesso de Escrava Isaura, que estreou em 11 de outubro de 1976, foi gigantesco, projetando a carreira de Lucélia Santos internacionalmente de forma definitiva. Com a novela viajou para vários países como Rússia, Polônia e China. Em 1985 ganhou o prêmio "Águia de Ouro", oferecido pela primeira vez a uma artista estrangeira pela população chinesa atráves do voto direto. Escrava Isaura é o produto mais dublado e exibido no gênero telenovela do mundo segundo uma pesquisa do programa americano Good Morning America. Em 1980, rompendo com a imagem de "namoradinha do Brasil", posou nua para a revista Playboy, numa atitude tida como ousada pela mudança que representou na sua imagem. A edição de abril de 1980 da revista teve grande vendagem. Mas foi no cinema que rompeu realmente com o estigma. Foi Nelson Rodrigues que desejou a atriz para o filme Bonitinha, mas ordinária e, mesmo sabendo que o filme era ousado, ainda mais para a época, Lucélia aceitou. Lucélia Santos participou depois de diversos filmes, quase todos baseados em obras do dramaturgo Nelson Rodrigues como Engraçadinha e Álbum de família, que a transformaram em uma musa rodriguiana. Posteriormente, Lucélia voltaria a ser capa da revista Playboy pela segunda vez, em novembro de 1981, para promover o filme Luz del Fuego. Lucélia também fez diversas outras telenovelas de grande sucesso, como Locomotivas, Feijão Maravilha, Água Viva, Guerra dos Sexos e Vereda Tropical, além do seriado Ciranda Cirandinha e da minissérie Meu Destino é Pecar, outra obra de baseada em Nelson Rodrigues. Foi casada com o maestro John Neschling, com quem tem um filho, Pedro Neschling, que também é ator. Com a fama internacional conquistada com a novela Escrava Isaura, visitou, como convidada, vários países e inclusive integrou comitiva de Presidentes da República. Com Fernando Henrique Cardoso esteve na China, onde foi efusivamente recepcionada pelo primeiro-ministro Deng Xiao Ping. Um de seus fãs mais ardorosos é Fidel Castro. Na coleção de vídeos do líder cubano, ocupa lugar de destaque uma fita VHS do filme Luz del Fuego. Depois da Independência de Timor-Leste, em 2001, Lucélia Santos realizou um documentário sobre este novo país, Timor Lorosae - O Massacre Que o Mundo não Viu, que foi censurado no 8º Festival Internacional de Cinema de Jacarta.












Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Lucélia se escreve com acento agudo no E. O que eu não posso corrigir na Wikipédia eu posso corrigir no site Garota da Playboy. Playboy se escreve com P maiúsculo. Através se escreve com acento agudo no E.
    Lucélia Santos foi excelente nas fotos. A melhor foto de Lucélia foi a 5ª, em que ela se ajoelha na cama totalmente nua. Eu amo a bunda feminina.

    ResponderExcluir